InternetMercadosNotícias

Microsoft expulsa terroristas

Microsoft-Wall-01

Daqui em diante a Microsoft irá, sempre que for alertada pelos utilizadores dos seus serviços, remover todos os conteúdos que possam ser utilizados em processos de recrutamento para organizações terroristas e para promover o extremismo e o terrorismo.

No que diz respeito ao motor de pesquisa Bing, a empresa de Redmond irá remover os links para conteúdos extremistas publicados na Internet sempre que receber uma petição de remoção das autoridades policiais de cada país.

A Microsoft está também a colaborar com diversos investigadores no desenvolvimento de novas técnicas que possam identificar automaticamente as imagens, áudio e vídeos divulgados por organizações terroristas.

Via Ars Technica.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×