portugalcasino.pt

LG reforça família de televisores OLED 4K

Numa altura em que dominam o mercado de televisores do tipo OLED, e com estes a contarem já 30% do total de vendas de televisores, a LG aproveitou a ocasião para revelar a aposta para o resto do ano de 2016, de onde se incluem a nova gama B6, C6, E6 e G6. Com uma expectativa de atingir os 3% de quota total de televisores, o equivalente a quadriplicar os resultados de 2015, a LG aposta todo o seu know-how nos novos televisores OLED 4K.

A apresentação, que decorreu no Showroom da marca coreana em Lisboa, contou com a presença de Raul Seixas, Director de Vendas da Unidade de Home Entertainment da LG Electronics, que destacou a importância da aposta nos ecrãs OLED, bem como frisou as vantagens desta tecnologia face às existentes, através de uma breve mas elucidativa apresentação.

De seguida fomos brindados com as novas linhas de televisores, no qual se destaca o modelo da série G6, disponível em 65 e 77 polegadas, com um PVP de 7.999 e 29.999 euros, respectivamente, embora só esteja prevista a sua chegada durante o segundo semestre do ano. Este televisor destaca-se pela aplicação de todas as soluções tecnológicas da marca, como o novo design Picture-On-Glass, onde o painel OLED ultra fino está integrado entre dois painéis de vidro, igualmente ultra finos, sem recorrer a qualquer tipo de moldura. O efeito é impressionante, especialmente ao vivo.

LG Exposição

Em termos tecnológicos, este ecrã destaca-se pela utilização de painéis de 10 bit de cores, suporte para o padrão BT.2020 (novo standard de cor para conteúdos HDR) e norma Dolby Vision HDR, bem como as restantes normas HDR10 (a mesma suportada pela concorrência mais directa) e Ultra HD Premium, o padrão da HD Alliance. Se em termos de imagens estes televisores impressionam, o som não lhe fica nada atrás, graças à parceria com a Harman/Kardon, que desenvolveu um sistema de colunas com woofer integrado, para uma experiência fora do normal neste tipo de ecrãs.

Igualmente impressionante, mas significativamente mais acessível está a família B6, de 55 e 65 polegadas (3.499 e 5.999 euros, respectivamente), que partilha o mesmo ecrã, mas recorre a um design mais tradicional, com sistema de som integrado na estrutura do televisor, a família C6 (com as mesmas dimensões e mesmo preço) que partilha todos os elementos com a família B6, mas utiliza um design curvo, ou a família E6, que já tira partido do design Picture-On-Glass, mas não dispõe de todas as funcionalidades e design do topo de gama G6. Este está disponível em 55 e 65 polegadas, por 4.999 e 6.499 euros, respectivamente.

Falta referir a introdução de novos comandos, com um design mais premium, disponíveis para os modelos de topo (G6 e E6), que vêm acompanhados de um comando mais pequeno (e prático), bem como da integração da nova geração do software integrado WebOS 3.0, que dispõe de funcionalidades acrescidas, uma interacção ainda mais intuitiva e um design personalizado para os televisores OLED. A boa notícia é que parte das novidades introduzidas nesta nova plataforma serão integradas nos televisores de 2015, através de uma actualização, que decorrerá ao longo do ano.

“A nova gama de TVs OLED 4K é a nossa grande aposta para o mercado dos televisores em 2016 uma vez que queremos continuar a construir uma imagem de liderança tecnológica junto dos consumidores”, disse Raul Seixas, Diretor de Vendas da Unidade de Home Entertainment da LG Electronics. “Ao alargamos a gama de TVs OLED, procuramos destacar as mais inovadoras tecnologias que procuram responder às principais necessidades dos consumidores, assegurando-lhes uma extraordinária experiência de visualização”.