PCGuia Pro

Estudo revela que 60% das empresas planeiam acelerar o investimento em serviços de BI com capacidades de self-service

Qlik-New

De acordo com um estudo da Qlik e da Forbes Insights, cerca de dois terços dos inquiridos acreditam que o self-service na análise de dados proporciona uma vantagem competitiva importante e metade acredita que esta abordagem pode ajudar a revelar informações valiosas.

O estudo, que conta com a participação de mais de 400 profissionais seniores do mundo dos negócios e das TI, confirma que as organizações estão a adoptar o ambiente de self-service, no qual os utilizadores têm controlo sobre a sua própria análise, modelos, visualização e tomada de decisão.

Mais de metade dos inquiridos afirmam que o seu ambiente de Business Intelligence (BI) apresenta um grau significativo ou muito significativo de elementos de self-service.

No que respeita ao valor que está ser criado actualmente, as funções citadas mais frequentemente são finanças (67%), vendas (61%), marketing (60%), e compliance (60%).

Simultaneamente, os departamentos de TI e gestores de áreas de negócio mostram-se preocupados com aspectos relativos à governança de dados, desde a sua segurança, à sua integridade e veracidade.

Cerca de 20% dos inquiridos afirma que o aspecto mais desafiador para permitir o acesso self-service aos dados é a combinação de dados de diferentes fontes. Outro desafio chave é assegurar a segurança da informação, sublinhado por 14% dos inquiridos.

Via Qlik, Forbes Insights.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×