Configure a sua rede doméstica com o Windows 10

Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft levou tudo aquilo de que gostávamos e que conhecíamos do Windows 8 para um novo patamar, tornando-o um sistema operativo mais...
Configure a sua rede doméstica com o Windows 10

Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft levou tudo aquilo de que gostávamos e que conhecíamos do Windows 8 para um novo patamar, tornando-o um sistema operativo mais fácil e apelativo de usar. Porém, isto poderá criar problemas a quem estava habituado a lidar com os antigos menus do Painel de Controlo, especialmente no que toca à criação e gestão de redes dos antigos Windows, tanto para utilizadores domésticos como profissionais. Neste guia vamos mostrar-lhe o quão fácil é ligar o seu PC a uma rede sem fios, a uma rede Ethernet, determinar a qualidade do sinal de cada e verificar o desempenho da rede criada e utilizada. Iremos igualmente revelar como é simples adicionar dispositivos por Bluetooth, bem como alterar definições na Firewall do Windows.

1 – Ligar a uma rede Wi-Fi

Partindo do princípio que o seu computador tem uma controladora de rede sem fios, e que conhece o SSID (nome de identificação da rede) e a chave de acesso à mesma, a ligação a uma rede Wi-Fi não poderá ser mais fácil. Para tal, deverá apenas clicar com o botão do lado esquerdo do rato no ícone do sinal de Wi-Fi existente na barra de tarefas, escolher qual a rede sem fios à qual se deseja ligar e clicar na mesma. De seguida clique em ‘Ligar’ e escreva a palavra-passe, caso seja necessário.

Redes - Passo 1

2 – Verifique a força do sinal de Wi-Fi

Com o Windows 10, a Microsoft decidiu actualizar o ícone da ligação Wi-Fi, tornando-o não só mais atraente como mais funcional. O novo ícone dá acesso a uma análise em tempo real da força do sinal de Wi-Fi, através das barras que aparecem “acesas” no mesmo. Mas atenção: isto não significa que a velocidade de Internet seja mais rápida ou não, apenas mostra a qualidade e força da ligação entre o PC e o router.

 

3 – Alternativas para se ligar à rede

Embora o Wi-Fi a principal forma de acesso à Internet para os utilizadores mais jovens, os utilizadores mais experientes sabem perfeitamente que nada bate uma boa ligação física entre um router e um computador com um cabo de rede. Esta solução permite ainda eliminar a necessidade de alguns processos de segurança, visto que esta ligação física não permite interferências de sinal. Desta forma, não vai haver uma degradação do sinal com a existência de paredes ou electrodomésticos, como ocorre com uma ligação sem fios.

4 – Ajuste as definições do Wi-Fi

Todas as definições da sua ligação Wi-Fi estão facilmente acessíveis através do menu ‘Rede e Internet’, disponível no menu ‘Definições’ do Windows. Aqui poderá verificar a ligação que está a usar, tanto por Ethernet (por cabo) ou Wi-Fi (sem fios. Se clicar na mesma, verá diversas informações sobre a ligação existente, como o endereço de IP, o endereço do servidor de DNS, o fabricante e o modelo da controladora de rede usada, bem como o endereço físico (MAC address).

Redes - Passo 4

5 – Adicione um dispositivo Bluetooth

Para adicionar um dispositivo Bluetooth ao seu computador, caso o mesmo tenha um controlador compatível, deverá activar essa ligação e tornar o seu computador detectável. Aceda menu ‘Definições’ e clique em ‘Dispositivos e Bluetooth’. Poderá também activar esta ligação no ‘Centro de Acção’, um painel disponível ao lado do relógio, na barra de tarefas do Windows.

Dica 5

6 – Emparelhamento de dispositivos Bluetooth

Para emparelhar um dispositivo aceda à barra de tarefas e clique no ícone de Bluetooth, escolhendo de seguida a opção ‘Adicionar um dispositivo Bluetooth’. Após terminado o emparelhamento, poderá facilmente desactivar a ligação através do ícone de Bluetooth existente no ‘Centro de Acção’.

Redes - Passo 6

7 – Problemas com a Firewall

A Firewall poderá ser algo desconhecido para si, mas saiba que é um excelente aliado para evitar inúmeros ataques ao seu PC. Como tal, recomendamos que mantenha a Firewall do Windows sempre ligada, mas caso precise de a desactivar temporariamente, poderá controlar esta opção a partir do menu da Firewall do Windows, disponível através do Painel de Controlo. A forma mais rápida de aceder ao menu será escrever firewall no menu ‘Iniciar’.

Redes - Passo 7

8 – Definições e estado da Firewall

Abrindo o ‘Painel de Controlo’, na secção ‘Sistema e Segurança’, poderá aceder a todas as definições de segurança que a Microsoft disponibilizou para impedir que o seu PC seja atacado. Clicando neste menu poderá verificar o estado em que se encontra a sua Firewall, bem como o que poderá fazer para a optimizar.

Redes - Passo 8

9 – Desligar a Firewall de vez

A forma mais fácil de deixar de receber avisos de permissões da Firewall do Windows será desligando-a definitivamente, algo que só recomendamos caso utilize uma solução mais eficaz, como uma firewall dedicada (por software ou hardware). Para a desligar terá de voltar a aceder ao menu da ‘Firewall’ a partir do ‘Painel de Controlo’, desligando-a nas opções ‘Redes Privadas e das Redes Públicas’.

Redes - Passo 9

10 – Filtro SmartScreen

O Filtro de SmartScreen é a solução que a Microsoft encontrou para evitar que uma aplicação da Loja Windows não possa abrir uma página dúbia. Este filtro deverá estar, por defeito, sempre ligado. Caso não esteja, recomendamos que o active: aceda ao menu ‘Definições’ > ‘Privacidade’ e, na opção ‘Geral’ ligue o filtro SmartScreen.

Redes - Passo 10

Categorias
Guia completo
Assinaturas
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link