Mobilidade

OFICIAL: Apple apresenta iPhone SE com ecrã 4 polegadas e novo iPad Pro

Tim Cook apresentou hoje na sede da Apple em Cupertino (Califórnia, EUA) o tão novo falado iPhone que junta um ecrã pequeno às características de topo dos modelos 6S e 6S Plus.

O CEO da Apple começou o keynote de hoje a reforçar a posição da empresa no caso do jailbreak do iPhone do terrorista do massacre de São Benardino: «A segurança dos dados é uma responsabilidade da qual não vamos abdicar».

Depois de mostrar que a empresa opera com energia renovável em 93% das suas
subsidiárias em todo o Mundo, Portugal incluído, e da apresentação do programa Apple Renew (para a reciclagem de iPhones), a marca anunciou a criação do CareKit.

Esta API vai permitir que as instituições de saúde desenvolvam apps para controlar várias doenças – o exemplo dado pela Apple foi o Parkinson; contudo, um dos objectivos é ajudar os pacientes a recolher dados sobre si e a partilhá-los com os seus médicos.

As primeiras novidades da tarde (manhã na Califórnia) foram sobre o Apple Watch, o relógio inteligente «mais vendido do mundo», como disse Tim Cook. Agora há novas braceletes de nylon em várias cores, como o azul, o rosa e o laranja; as Sports Bands também ganham outros tons. O preço do Apple Watch também baixa de preço, para os 299 dólares.

Dos relógios, a Apple saltou para a Apple TV e, mais uma vez, sublinhou o facto de as apps serem o «futuro da TV». O novo tvOS vai permitir a organização das apps em pastas, a disponibilidade da Siri na App Store e a busca de fotos na app do iCloud.

Depois destes “fait-divers” estava então tudo preparado para passar às grandes novidades. O ecrã pequeno é a principal característica, a resposta da Apple aos consumidores que continuam a preferir os iPhones com ecrãs pequenos.

Lá dentro está um chip A9, o que o torna tão poderoso como um iPhone 6S e três vezes mais rápido que o 5S. Também certo no SE está o co-processador M9, que torna, por exemplo, a Siri sempre acessível a partir do comando de voz «Hey, Siri».

A câmara também conta com capacidades idênticas às do 6S: 12MP, Live Photos e as tecnologias Focus Pixels e True tone Flash; a gravação de vídeo 4K também é uma realidade.

NFC, Wi-Fi ac e Touch ID, como não poderia deixar de ser, são outras das características deste novo iPhone que tem um design muito semelhante ao do iPhone 5 e 5S.

O novo iPhone SE vai chegar a Portugal com um preço de 499 euros (16 GB) e de 599 (64 GB). As pré-vendas começam dia 29 de Março, com as primeiras unidades a chegarem em Abril.

Sobre o iOS 9.3, a Apple também mostrou algumas novidades: a função Night Shift, que muda automaticamente a cor do ecrã para um tom mais quente, assim que detecta o por do sol por georreferenciação; a possibilidade de usar uma password na app Notas foi outra função destacada. A actualização para o iOS 9.3 pode ser feita já hoje.

iPad Pro

Outra das novidades já esperadas acabou por confirmar-se: o novo iPad Pro com um ecrã de 9,7 polegadas que é 25% mais brilhante e com mais 25% de saturação de cores que o display do iPad Air 2.

A tecnologia True Tone Display, que mede a temperatura de cor da luz ambiente e que ajusta o ecrã tendo isso em conta. Esta novidade da Apple, que a marca diz ser a primeira vez que existe num dispositivo móvel, muda a cor de uma página branca para um tom mais agradável para leitura.

Também estão garantidos quatro altifalantes, os processadores A9X e M9 e uma capa com teclado semelhante à do iPad Pro. O Apple Pencil também pode ser usado no novo iPad Pro de 9,7 polegadas.

A câmara deste iPad Pro é a mais avançada de sempre da Apple, com 12MP e capacidade de gravação de vídeo 4K. À frente está um sensor de 5MP com Flash Retina. A Apple chama-lhe «o derradeiro substituto de um PC».

Com armazenamento de 32, 128 e 256 GB, o novo iPad Pro vai ser vendido em quatro cores: Prateado, Dourado, Cinzento Sideral e Rosa Dourado. Em Portugal, a data de chegada ainda não está confirmada, mas os preços estão certos: começam nos 699 euros (32 GB, apenas com Wi-Fi) e chegam aos 1209 euros (256 GB com Wi-Fi + GSM).

Estas foram as novidades de Primavera da Apple – agora, mais novidades em termos de software ficam para o WWDC’16 (que deve decorrer em Junho); os novos iPhone 7 devem ser anunciados depois do Verão, em Setembro ou Outubro, já na nova sede da empresa, prometeu Tim Cook.

PCGuia
Ricardo Durand
Jornalista de tecnologias desde 2005, tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil. Gosta de carros rápidos e de hotéis caros. Não tem um helicóptero porque decidiu gastar o prémio do último Euromilhões no desenvolvimento de um smartphone de marca própria.
Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia e fique a par das últimas notícias, dicas e truques de hardware e software.
Subscrever
close-link