Gigantes tecnológicas vão apoiar a Apple em tribunal

Tim-Cook-New-03

No início deste mês, Sheri Pym, juíza de um tribunal de Los Angeles, EUA, determinou que a Apple deve auxiliar o Federal Bureau of Investigation (FBI) no acesso ao iPhone de Syed Rizwan Farook, um dos autores responsáveis pelo massacre de San Bernardino, Califórnia.

Para tal, a empresa de Cupertino terá de alterar as definições do dispositivo móvel de Syed Farook de modo a permitir um número ilimitado de tentativas para descobrir a password.

Na altura, o CEO da Apple, Tim Cook, reagiu à ordem do tribunal de Los Angeles fazendo saber que a empresa não está disposta a criar um backdoor para o iPhone.

Agora, o Facebook, Microsoft e a Alphabet estão a demonstrar o seu apoio à luta da Apple contra o Departamento de Justiça dos EUA ao prepararem acções judiciais individuais e colectivas. O Twitter pondera também demonstrar o seu apoio.

Via Geeky-Gadgets, WSJ.