Review – Steelseries Rival 100

Steelseries Rival 100

À primeira vista este rato da Steelseries parece ideal para usar com software tão excitante como o Photoshop ou um qualquer programa de contabilidade, mas, se olharmos para as especificações vemos rapidamente que, apesar de servir perfeitamente para editar as suas fotos ou fazer o orçamento da casa ou escritório, também serve para jogar uma partidinha de Counter Strike ou LoL a um nível bastante alto.

Senão vejamos: o Rival 100 tem uma forma tradicional mais rectangular que o equivalente da Coolermaster – seis botões, incluindo o roller. O exterior usa dois acabamentos diferentes: na parte de cima um com textura de borracha suave e, dos lados, em plástico rugoso para evitar que os dedos resvalem. A construção é simples e resistente ao uso, mesmo dos jogadores mais fanáticos ou frustrados…

SteelSeries Rival 100 Lado

O desenho do rato permite que seja usado facilmente por pessoas canhotas ou dextras, embora os primeiros não possam usar os dois botões-extra que estão do lado esquerdo do rato. O sensor é um PixArt feito de propósito para este rato e oferece um máximo de 4000 CPI (counts per inch, contagens por polegada), ou seja, o número de vezes que o sensor envia informação para o computador cada vez que o rato é movido uma polegada. O utilizador pode afinar a sensibilidade do rato dos 8 aos 4000 CPI. Este sensor também consegue detectar acelerações até 20 G. O rato tem ainda iluminação LED com várias cores que podem ser programadas pelo utilizador.

A única coisa de que não gostámos muito no nosso teste de utilização foi a leveza do rato que, mesmo através da personalização da sensibilidade do sensor, não se consegue esconder.

Este rato vale todos os 39 euros pedidos por ele.