Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
HardwareNotícias

Oculus Rift chega em Abril por 600 dólares

Oculus Rift

Após 4 anos de desenvolvimento, abriram ontem as encomendas online do headset de realidade virtual Oculus Rift. Quem encomendar o Oculus Rift leva também um comando Xbox One para ligar ao PC para jogar, mais dois jogos grátis: EVE: Valkyrie, um simulador de combate espacial baseado no universo do MMORPG EVE Online e Lucky’s Tale, um jogo de plataformas.

No entanto, muitos utilizadores ficaram desapontados com os 599 dólares americanos que a Oculus VR está a pedir pelo headset, aos quais tem ainda que ser acrescentado o preço do computador que vai servir de suporte ao Oculus Rift.

Neste campo os requisitos também não são lá muito meigos:

GPU: Nvidia GeForce GTX 970 / AMD R9 290 ou superior

CPU: Intel Core i5-4590 ou superior

RAM: 8GB

Saída de vídeo: HDMI 1.3

Entradas: 3x USB 3.0, 1x USB 2.0

OS: Windows 7 SP1 64-bit ou mais recente

Apesar das críticas ao preço, os primeiros stocks do Oculus Rift esgotaram em poucas horas.

Embora apareça em imagens no site, o comando Touch, desenhado especialmente para utilização em aplicações de realidade virtual, ainda não pode ser encomendado, mas a compra de um Oculus Rift agora reserva-lhe um lugar para a pré-encomenda do comando quando abrir no final deste mês.

A Oculus VR comprometeu-se com a disponibilizar durante este ano mais de 20 jogos com capacidades de realidade virtual incluindo o Rockband VR da Harmonix, Edge of Nowhere da Insomniac e The Climb da Crytek.

Apesar de ter sido o primeiro a chegar ao mercado, o Oculus Rift não está sozinho na corrida ao mercado emergente da realidade virtual, a Sony vai lançar este ano o Playstation VR, um headset de realidade virtual que funciona em conjunto com o a Playstation 4 e a HTC está a desenvolver o VIVE em conjunto com a Valve, a empresa responsável pela Steam, a maior loja online de jogos do mundo.

A Oculus VR foi fundada em 2011 protagonizou uma muito bem sucedida comapnha de angariação de fundos na organização de crowdfunding Kickstarter, o que lhe permitiu desenvolver vários protótipos que foram distribuídos para o desenvolvimento de conteúdos. Em Março de 2014, a empresa foi comprada pelo Facebook por 2 mil milhões de dólares.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×