Apple foi a marca que mais aumentou as vendas de computadores em 2015

MacBook-Air-New-01

A consultora IDC revelou os dados relativos à venda de computadores no último trimestre de 2015 e também os resultados provisórios das vendas globais em 2015.

De acordo com os dados, a venda de computadores nos últimos três meses de 2015 rondou os 71,9 milhões de unidades, o que representa uma queda de 10,6% em relação ao mesmo período de 2014.

As mudanças no mercado dos sistemas operativos tiveram influência nos resultados, principalmente com a decisão de terminar a assistência e actualizações para o Windows XP. Também a baixa de preços de computadores com o Windows 8 instalado teve influência no resultado.

Na área EMEA (Europa, Médio Oriente e África), a queda nas vendas no último trimestre ultrapassou os dois dígitos.

Apesar de a Lenovo ter sido a marca que mais vendeu computadores em 2015, com mais de 15 milhões de unidades vendidas, esse número representa uma queda de 4,5% em comparação com 2014.

A Apple foi a marca que mais conseguiu crescer quando comparada com 2014. Com mais de 5 milhões de computadores vendidos, as vendas da marca cresceram 2,8% no último ano. No entanto, na tabela geral, a marca da maçã fica-se pelo quarto lugar, empatada com a ASUS.

A HP ficou em segundo lugar do top, com 14 milhões de computadores vendidos, menos 10% do que em 2015. A Dell viu as vendas descerem 5,7%, vendendo 10 milhões de unidades.