Universal Music Group quer limitar a música gratuita no Spotify

Spotify-01

Segundo uma fonte do site Financial Times, o Universal Music Group, que detém uma participação no Spotify, quer que os responsáveis pelo serviço de streaming de música imponham ainda mais limites a quem ouve música gratuitamente no serviço.

De acordo com o site Engadget, tudo leva a crer que, segundo rumores veiculados por diversos sites, o CEO do Universal Music Group, Lucian Charles Grainge, está a tentar que o Spotify altere o funcionamento do modelo freemium do serviço de streaming de música com o intuito de fazer aumentar o número de assinantes.

Via Engadget, Financial Times.