NotíciasSegurança

Google não vai resolver problema de segurança das versões anteriores ao Android 4.4

Google

Se usa um dispositivo com uma versão do sistema operativo anterior ao Android 4.4, não vai receber nenhuma actualização para resolver um problema de segurança com o sistema WebView, um componente que permite ao programadores de apps mostrar conteúdos web nas suas aplicações.

O Webview é também parte essencial da estrutura de todas as versões do browser do Android até à versão 4.4 KitKat.

Segundo a Google, já não é prático resolver este problema.

O problema para a Google é que existem mais de 930 milhões de dispositivos em todo o mundo que ainda usam versões do Android anteriores ao KitKat e acaba de ser descoberta mais uma falha de segurança no Webview. A Google foi alertada para o problema, mas recusou resolvê-lo.

Segundo uma publicação de Andrian Ludwig, responsável pela segurança do Android, no Google+:

Até há pouco tempo fizemos adaptações do sistema Webkit que é usado na versão 4.3 e anteriores do Android para assegurar retro compatibilidade, mas o sistema Webkit tem mais de 5 milhões de linhas de código e centenas de programadores estão constantemente a fazer adições, por isso desenvolver actualizações para resolver problemas de segurança de partes do código com mais de dois anos já não é prático.

Ainda segundo Ludwig, a partir da versão KitKat do Android, os OEM (Original Equipment Manufacturer), por outras palavras os fabricantes dos dispositivos, podem distribuir eles próprios actualizações ao sistema Webkit feitas pela Google e no Android 5.0 Lollipop estas actualizações podem até ser distribuídas directamente através da loja Google Play.

O último conselho deixado por Ludwig é que os utilizadores com dispositivos que usem versões anteriores ao Android KitKat usem browsers alternativos que possam ser actualizados através da loja Google Play, como por exemplo o Chrome e o Firefox.

A Google através do seu Project Zero tem vindo a divulgar problemas de segurança que afectam os sistemas operativos Windows e Mac OS X 90 dias depois de serem reportados tanto à Microsoft como à Apple.

Actualização: Foram corrigidos erros na designação da versão 4.4 e 4.3

Via Google, Maximum PC

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×