Transferir ficheiros e configurações para um novo computador

Se adquiriu ou actualizou o seu computador, está na altura de se preparar para transferir os seus dados e configurações, um processo que à partida poderia ser simples, mas que tem...

Se adquiriu ou actualizou o seu computador, está na altura de se preparar para transferir os seus dados e configurações, um processo que à partida poderia ser simples, mas que tem todos os ingredientes para dar muitas e longas dores de cabeça. Para facilitar todo este processo, porque não experimentar uma aplicação criada para o efeito como o PCtransfer da iObit?

Trata-se de uma aplicação gratuita que para utilizadores mais avançados funciona de forma bastante simples e directa, mas existem alguns pontos que precisam de ser explicados para que consiga transferir todos os dados do seu velho computador para um disco rígido externo, e posteriormente para o seu novo PC.

Vai precisar de:

IObit PCTransfer

PC com WIndows XP, 7, 8 ou 8.1


Passo a passo – Mova os seus dados para o seu novo PC em apenas alguns minutos.

PCGuia

1 – Prepare um dispositivo para backup – Para ficar com uma ideia da capacidade do dispositivo que terá que usar para transferir todos os seus dados, verifique o espaço que a pasta do seu nome de utilizador ocupa no directório de Documents and Settings no Windows XP. Para tal utilize o explorador do Windows, dirija-se ao disco principal (habitualmente c:) e à pasta de documentos (c:/Documents and Settings), pressionando com o botão direito na pasta de utilizador desejada e clique em propriedades. Irá aparecer uma janela que indicará o total de ficheiros e a dimensão da pasta, mas espere um pouco, pois caso esteja muito preenchida, poderá demorar até que o computador consiga verificar todas as sub-pastas.

PCGuia

2 – Descarregue a aplicação – Para facilitar todo o processo, utilize a aplicação PCtransfer, que pode ser descarregada em www.iobit.com/pctransfer.php. Assim que tiver a aplicação, coloque-a no disco rígido que irá utilizar para transferir os dados, uma vez que a aplicação não precisa de ser instalada. De seguida, clique na aplicação para dar início à mesma.

 

PCGuia

3 – Escolha o que pretende salvar – A aplicação costuma selecionar automaticamente os ficheiros mais importantes, bem como as definições importantes e todos os ficheiros e pastas que estejam presentes no seu ambiente de trabalho (a aplicação ignora os atalhos). Para confirmar os ficheiros que a aplicação seleccionou, clique na seta para baixo junto da pasta Ambiente de Trabalho e confirme quais os ficheiros que pretende ou não salvar.

 

PCGuia

4 – Definições do browser – A seguir à pasta de ambiente de trabalho, o PCtransfer salvaguarda todas as definições dos seus browsers de internet, suportando os quatro principais disponíveis para Windows (Internet Explorer, Firefox, Chrome e Opera). Aqui, a aplicação armazena todas as definições a nível como a lista de favoritos, mas não é possível escolher quais pretende salvar ou não, apenas definir qual o browser que pretende ou não salvar.

 

PCGuia

5 – Documentos e restantes dados – Os seus documentos, desde que estejam em formatos suportados pelo Office (documentos de Word, Excel, PowerPoint e outros), que estão habitualmente colocados na pasta de “Os Meus Documentos”, são guardados imediatamente. O PCtransfer é suficientemente inteligente para diferenciar as pastas de Os Meus Vídeos, As Minhas Imagens e Transferências da pasta dos Documentos, sendo estes escolhidos posteriormente e de forma separada.

 

PCGuia

6 – Outras definições – Embora simples de usar, o PCtransfer não é perfeito, estando algo limitado na transferência de definições de outras aplicações, suporta automaticamente apenas o Outlook e o Skype. Para poder guardar definições de outras aplicações, terá que adicionar novos ficheiros manualmente através do botão existente no fundo da janela.

 

PCGuia

7 – Adicione outras pastas – Ao clicar no botão indicado para adicionar novos ficheiros, irá aparecer uma janela em formato de explorador do Windows, que lhe permite escolher quais as pastas e ficheiros que pretende salvar de forma manual.

 

PCGuia

8 – Definições de aplicações – Utilizadores mais avançados poderão usar a mesma função de adicionar ficheiros para localizar definições específicas. A grande maioria das aplicações armazena as suas definições em diversas pastas de sistema colocadas dentro da pasta do utilizador do computador, como o AppData, Application Data e Local Settings. Pesquise dentro de estas pastas e escolha, a partir do nome das aplicações, quais as definições que pretende salvar.

 

PCGuia

9 – E-mail alternativo – Se ainda utiliza o Windows Live Mail para receber e organizar os seus e-mails, então terá que abrir a aplicação e identificar qual a pasta onde estão armazenados os mesmos. Abra a aplicação e escolha a função Tools e seguidamente Options. Posteriormente opte pela janela Advanced e Manutenção, onde conseguirá identificar (através do botão “Store Folder”) qual a pasta que deverá escolher, para no PCtransfer adicionar manualmente. Se utilizar o Thunderbird, abra a aplicação e escolha em “Options”, “Account Settings” e posteriormente “Local Folders” para que lhe seja revelada a localização da pasta com os dados.

 

PCGuia

10 – Inicie o backup – Após todos os ficheiros e pasta escolhidas, está na hora de dar início ao backup. Antes de dar inicio ao processo, certifique-se que tem todas as aplicações desligadas, para evitar conflitos ou falhas na transferência dos ficheiros. Certifique-se que o espaço total dos ficheiros que irá transferir cabem no disco de destino, e clique no botão grande de Backup para dar início ao processo.

 

PCGuia

11 – Transferência e troca – Quando o backup estiver finalizado, é provável que apareça alguma mensagem a indicar que certos ficheiros não puderam ser transferidos. Clique em detalhes para verificar quais os ficheiros que falharam, sendo provável que alguns desses ficheiros falhados não sejam críticos para a salvaguarda das suas definições.

 

PCGuia

12 – Transfira para o novo PC – Desligue o seu velho computador e remova o disco rígido com os seus dados, colocando-o no PC novo e ligue o Windows. Assim que estiver ligado, aceda ao disco rígido e abra a aplicação, optando agora pela função de Restauro.

 

PCGuia

13 – Passos pós-restauro – Por defeito, o PCtransfer ao realizar o restauro coloca todos os ficheiros dentro da pasta pública de utilizadores, sendo necessário transferir os dados através do explorador do Windows para a sua (ou a desejada) pasta de utilizador.

14 – Transferência completa – Assim que tiver colocado os dados da pasta pública de utilizadores para a sua pasta, o processo de transferência poderá ser dado como terminado. Se tiver outra conta de utilizador que necessite ser transferida, entre na(s) restante(s) conta(s) de utilizador e repita o processo desde o início.

Categorias
DicasGuia completoNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link