Como usar o Macrium Reflect para clonar o disco rígido

Os discos rígidos tradicionais (e também os SSD), podem falhar quando menos se espera. Normalmente quando precisa mesmo daquele ficheiro… A PCGuia ensina-lhe a fazer cópias de segurança para...

Os discos rígidos tradicionais (e também os SSD), podem falhar quando menos se espera. Normalmente quando precisa mesmo daquele ficheiro…

A PCGuia ensina-lhe a fazer cópias de segurança para estar preparado para qualquer eventualidade.

Se acontecer qualquer coisa má ao seu disco o SSD e não tiver uma cópia de segurança do conteúdo, voltar ao estado inicial pode demorar muito tempo. Existem muitas formas de fazer essas cópias de segurança; neste artigo vamos abordar o Macrium Reflect, que permite fazer uma cópia exacta do seu disco rígido, também conhecida por imagem, incluindo as partições, ficheiros e sistema operativo. Este sistema permite fazer uma reposição do disco de uma forma rápida e fácil caso aconteça qualquer coisa.

De que precisa:

Macrium Reflect

Pode descarregá-lo a partir de www.macrium.com.

 

PASSO-A-PASSO

Como fazer uma imagem do disco

 Obter o programa

PCGuia

Aceda ao site do programa (www.macrium.com/reflectfree.aspx), clique no botão ‘Download Now’ que aparece à direita para o descarregar. Depois de acabar dê dois cliques em cima do ícone do botão de instalação.

 Instalar o programa

PCGuia

Depois de dar dois cliques em cima do ícone do programa de instalação. Este programa, por sua vez vai fazer download dos ficheiros necessários. Depois aparece um assistente de instalação normal do Windows. Depois é só carregar no botão Next para fazer avançar o processo de instalação. Quando acabar, clique em ‘Finish’. Para activar o programa aceda ao Menu Iniciar (ou ao ecrã Iniciar do Windows 8 ou 8.1) e clique em ‘Reflect’ para abrir o programa.

 

1. A primeira vez

PCGuia

Na primeira vez que usa o programa deve um volume de recuperação que serve para fazer arrancar o computador no caso de o seu disco deixar de funcionar. Pode ser um CD ou DVD ou ainda uma pen USB. Clique no botão com disco que aparece logo por baixo do menu File para iniciar o processo de criação deste volume de recuperação. Escolha a opção Linux.

2. Gravar

Se optar por usar um CD ou DVD como disco de recuperação terá que o gravar. O Macrium inclui todas as ferramentas necessárias para o fazer. Basta colocar um disco virgem na drive e depois clicar em ‘Finish’ para iniciar o processo de gravação.

3. Clonagem ou imagem

Macrium4

Estas duas opções estão disponíveis no ecrã inicial do programa. A Clonagem faz uma cópia exacta do seu disco rígido, bit a bit. Este método é o mais indicado para que quer fazer uma cópia directa de um disco para outro. O segundo tem de ter, pelo menos, a mesma capacidade do original.

A segunda opção serve para fazer uma cópia para guardar em CD ou DVD.

 

4. Criar a imagem

PCGuia

Clique na opção ‘Image this disk’ que aparece por baixo do gráfico e que corresponde ao seu disco de arranque. Se o gráfico estiver partido aos bocados é porque está dividido em partições. Essas partições também vão ser incluídas na cópia.

 

5. Destino

Macrium6

Pode gravar a imagem do seu disco para DVD, mas muitas vezes os discos têm tanta capacidade que torna impraticável copiar o seu conteúdo para discos ópticos, por isso pode também usar um disco externo. Para o usar basta ligá-lo ao computador, clicar na caixa com uns pontos que está ao pé de ‘Folder’ e escolhê-lo na lista.

 

6. Copiar

Clique em ‘Next’ e depois em ‘Finish’ para confirmar e por fim em ‘OK’ para iniciar a cópia de segurança. É importante que deixe o computador a fazer a cópia sem lhe mexer para que o conteúdo do disco não se altere muito. O programa tem uma opção que o desliga automaticamente depois de acabar a cópia.

 

7. Verificar

Macrium7

A última coisa a fazer é testar o disco de arranque para se certificar de que funciona. Coloque na drive o disco que criou no passo 4 e reinicie o computador. Deve aparecer uma janela com um assistente de reposição.

Agora se o seu disco “morrer” basta ir buscar o disco ou DVD onde está a cópia, fazer arrancar o computador a partir do disco de arranque e repor o sistema.

 

8. Tudo bem

Se tudo correu bem ficou com uma cópia exacta do seu disco rígido e preparado para o pior. Não se esqueça de que à medida que vai usando o seu computador vai criando ficheiros que vão ter de ser adicionados à sua cópia de segurança, por isso não se esqueça de actualizar a imagem de tempos a tempos.

 

Categorias
DicasGuia completoNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link