DicasGuia completo

Como configurar uma pendrive para a instalação do Windows 8

Windows Pen

Numa era em que as drives ópticas estão a desaparecer, principalmente quando se fala de computadores portáteis, é cada vez mais comum ter de fazer a reinstalação do sistema operativo através de uma ligação em rede ou de um qualquer dispositivo USB.

Instalar o Windows a partir de uma pendrive USB é praticamente igual a fazê-lo a partir de um DVD. A única diferença prende-se com a velocidade; quando faz a instalação a partir de uma pen USB é normalmente mais rápido que a partir de um DVD ou de rede.

O que precisa

Uma pendrive USB com, pelo menos,

4 GB de espaço de armazenagem.

Windows 8.

O programa de gravação de imagens ISO

ImgBurn, que pode descarregar

a partir de www.imgburn.com.

O programa para a criação de discos de

arranque Windows 7 USB/DVD

Download Tool que pode

encontrar em:

wudt.codeplex.com.

Para criar uma pendrive de arranque que serve para instalar o Windows existem dois métodos: o “método Microsoft”, em que não necessita de ter à mão o disco físico do Windows, e o “método não-Microsoft”, que requer um disco de instalação do Windows e dois utilitários gratuitos que permitem pegar numa imagem de um disco de instalação do Windows e colocá-la numa pendrive USB para a instalação num PC.

 

O Windows

O passo que é comum aos dois métodos é arranjar uma licença legal do Windows 8 com a respectiva chave do produto. Se quiser usar o “método Microsoft” precisa mesmo de uma licença do Windows porque este método não funciona em sistemas que apenas têm DVD de reposição por causa da chave de produto.

Quando usa o “método Microsoft” é-lhe pedido que insira a chave de produto. Se tiver um DVD de reposição do sistema, a chave de produto que o acompanha, apesar de ser legal, não permite que o processo continue.

Mas pode sempre usar o outro método.

A grande vantagem em usar o “método Microsoft” é que não necessita de ter um suporte com o Windows, visto que o pode descarregar o sistema a partir da Internet.

Outra vantagem é que pode usar uma qualquer máquina com Windows XP SP3, Vista, 7 ou 8, mesmo que não seja a máquina em que planeia instalar o Windows. Há duas coisas que tem de ter em atenção:

A primeira é a versão do Windows que quer passar para a pendrive, se quiser passar a versão de 32 bits tem de usar uma máquina com um sistema de 32 bits, se for a de 64 terá que usar um computador com a versão de 64 bits do Windows.

A segunda é a língua. A língua que está em utilização na máquina que está a usar para criar a pen de arranque será a que vai ser usada no programa de instalação.

 

O instalador da Microsoft

O passo seguinte é descarregar o instalador do Windows 8 a partir daqui.

Apesar de estar escrito na página que necessita de estar na máquina que pretende utilizar, pode ignorar esse aviso visto que vai escolher a opção “Instalar através da criação de suporte de dados”. Clique em “Instalar Windows 8” e depois clique em “Gravar” para guardar o instalador do Windows.

De seguida dê dois cliques no ícone do ficheiro que acabou de descarregar. Clique em “Sim” se receber um aviso de que precisa de ser administrador para executar o programa. Insira a chave de produto do Windows 8 e clique em “Seguinte”. Após algum tempo aparecerá a indicação da versão do Windows que está prestes a descarregar dos servidores da Microsoft (esta versão depende da chave de produto que inseriu anteriormente). Este ecrã também o avisa de que não deve descarregar o Windows a partir de ligações com limites de tráfego porque é um download muito pesado.

Os ficheiros de instalação do Windows 8 ocupam mais ou menos 3 GB de espaço no suporte USB onde vão ficar. Enquanto o download progride vai poder controlar a percentagem e o tempo que vai demorar até acabar.

Quando acabar clique no botão “Instalar através da criação de suporte de dados” e depois em “Seguinte”.

Se pretender instalar o Windows numa partição separada na máquina onde está a trabalhar ou em qualquer outra, o instalador recomenda-lhe a criação de uma nova partição. Isto pode ser feito através da alteração de tamanho de uma partição que já existe ou usando espaço livre no disco. (Veja mais no artigo sobre gestão do disco neste número).

De seguida terá de obter uma pendrive USB com, pelo menos 4 GB. Uma pendrive de 4 GB disponibiliza entre 3,6 e 3,8 GB depois de formatada, o que deve ser suficiente. No instalador do Windows 8 pode escolher entre instalar para uma drive USB ou uma imagem ISO. Escolha a primeira e depois em “Seguinte”. O instalador vai procurar drives USB na sua máquina, mostrando-as na mesma janela. Recomendamos que remova todas as drives que não quer usar para evitar confusões. Clique na drive pretendida e depois em “Seguinte”.

O instalador vai avisá-lo de que vai formatar o suporte seleccionado, por isso qualquer ficheiro que lá esteja será apagado. Quando acabar de formatar e depois copiar os ficheiros de instalação, o instalador mostra-lhe a chave de produto do Windows mais uma vez para que a possa apontar onde quiser para que não a perca. Pode clicar no botão “Terminar” para fechar o programa.

Para usar o novo suporte de instalação num qualquer computador pode fazê-lo arrancar a partir de um disco USB (pode ser necessário fazer alterações na BIOS do computador de forma a permitir o arranque através de USB). Depois da máquina arrancar é só seguir as instruções.

 

O outro método

Se não tiver o Windows 8 e apenas tiver um disco de reposição terá de usar este método para criar uma pendrive de arranque para a instalação do sistema.

A primeira coisa a fazer é transformar o seu disco de reposição numa imagem ISO que depois pode copiar para a pen USB.

Tem de usar um programa de criação de imagens ISO. Neste tutorial usámos o programa gratuito ImgBurn. Depois de descarregar e instalar o programa, abra a gaveta da drive óptica e insira o disco de reposição do Windows. Active o ImgBurn e no menu clique em “Create Image from Disc” e depois escolha a drive onde inseriu o disco de reposição do Windows. Escolha o destino onde o ficheiro ISO será gravado e depois clique em “Read” para iniciar o processo.

Depois vai precisar do Windows 7 USB/DVD Download Tool, que também é gratuito e que, apesar do nome, pode ser usado com outras versões do Windows. Ligue a pendrive que quer usar numa entrada USB e active o Windows 7 USB/DVD Download Tool, clique no botão “Browse” para procurar a imagem ISO que criou anteriormente através do ImgBurn, clique em “Open” e depois em “Next”. Clique no botão “USB Drive” e depois em “Begin Copying” no ecrã seguinte.

 

Quando o processo acabar, o programa indica que criou a pendrive com sucesso.

Depois é só fazer arrancar a máquina através da pendrive USB para instalar o Windows 8. Tal como acontece com o método anterior, pode ser necessário configurar a drive de arranque na BIOS do computador para que a máquina arranque a partir do USB.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×