Como melhorar o arranque do Windows

O calcanhar de Aquiles do Windows sempre foi o tempo que demora a arrancar, principalmente depois de alguns meses a usá-lo, de instalar e remover dezenas de programas, das...

O calcanhar de Aquiles do Windows sempre foi o tempo que demora a arrancar, principalmente depois de alguns meses a usá-lo, de instalar e remover dezenas de programas, das actualizações e daqueles percalços como as faltas de energia repentinas que podem baralhar o disco todo.

Neste artigo vamos ajudá-lo a tentar recuperar aquela velocidade de arranque que a sua máquina tinha depois de instalar o Windows.

[divider]

Vai precisar de

O programa de configuração gratuito Microsoft Autoruns

[divider]

Está na natureza do Windows executar programas, tarefas de segundo plano e drivers. E todos enquanto a máquina arranca. O problema é que isto causa atrasos e, na realidade, a maioria não lhe serve para nada. Se desligar o computador totalmente de cada vez que acaba de o usar, quando o volta a ligar vai demorar muito mais, mesmo usando o super optimizado Windows 8.

A única maneira de resolver este problema sem remover qualquer programa é conseguir controlar o que é que o Windows executa e quando.

Para o ajudar existe um programa gratuito da Microsoft chamado Autoruns, que lhe permite experimentar com os programas que são executados sem fazer alterações permanentes que possam estragar o sistema operativo.

 [one_half]

Autoruns

1. O Autoruns faz parte do conjunto de programas de manutenção Sysinternals, que contém muitos outros programas úteis para o ajudar a manter a sua máquina Windows a funcionar como deve ser. O componente que vamos o usar, o Autoruns, não necessita de instalação, por isso basta dar dois cliques em cima do ícone da aplicação para a activar.[/one_half][one_half_last]

AutoRuns1

2. Na primeira vez que executa o Autoruns, o programa vai procurar no registry do Windows todos os programas que são executados no momento em que o sistema operativo arranca. Este processo pode demorar um pouco.[/one_half_last]

[one_half]

AutoRuns2

3. A primeira coisa que vai ver é o conteúdo do separador “Everything”, que, como o nome indica, contém a indicação de todos os elementos que arrancam ao mesmo tempo que o sistema. Por isso pode ser um pouco confuso. Para obter visualizações filtradas clique nos outros separadores.[/one_half][one_half_last]

AutoRuns3

4. Clique no separador “Logon” para ver que programas são executados quando o sistema arranca. Estes podem incluir as ferramentas de configuração para a sua placa gráfica ou os programas que servem para aceder a serviços cloud como o Dropbox. Cada uma das entradas tem um quadrado do lado esquerdo que permite indicar se o utilizador quer, ou não, que esse elemento seja executado ao arranque.[/one_half_last]

[one_half]

Autoruns4

5.Se clicar no separador “Explorer” vai ver uma lista dos programas que são integrados com o Explorador do Windows, que normalmente aparecem quando se clica em cima de um ícone com o botão direito do rato. Tal como acontece com os elementos no separador “Logon”, existe um quadrado à esquerda que lhe permite ligá-los ou desligá-los.[/one_half][one_half_last]

 

Autoruns5

6.No separador “Scheduled Tasks” são-lhe mostradas todas as tarefas que o sistema agendou para execução automática numa determinada altura do dia. Neste separador pode escolher que tarefas são agendadas, mas não a hora a que são executadas.[/one_half_last]

[one_half]

 

AutoRuns6

7. Os serviços são programas que são executados em segundo plano e, normalmente, os utilizadores não percebem que estão a funcionar. No separador “Services” pode ver uma lista dos serviços que são executados quando o sistema arranca. Não lhe aconselhamos desligar nenhum, porque normalmente estes são essenciais para o funcionamento do Windows.[/one_half][one_half_last]

bb963902.Autoruns(fr-fr, MSDN 1.0)

8. Apesar de todas as alterações serem gravadas de cada vez que as faz, precisa sempre de reiniciar o computador para as implementar e ver o que acontece. Se algo não funcionar como deve ser basta voltar ao Autoruns e voltar a pôr tudo como estava.[/one_half_last]

[divider]

O que desligar?

Bom, como dizemos no passo 7, o único separador onde não e muito saudável fazer grandes alterações é no “Services”. Tudo o resto, como está normalmente ligado a programas que tem instalados, é mais seguro de experimentar ligar ou desligar.

De qualquer forma, nenhuma das alterações é permanente e pode ser revertida, por isso experimente à vontade! Se depois das alterações serem feitas o sistema arrancar mais depressa e se mantiver estável é porque está no bom caminho!

Categorias
DicasespecialNotícias

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link