Um tablet, dois sistemas operativos

Há muito tempo que qualquer computador pessoal pode ter mais do que um sistema operativo instalado, dando ao utilizador a possibilidade de escolher o que quer usar durante o...

Há muito tempo que qualquer computador pessoal pode ter mais do que um sistema operativo instalado, dando ao utilizador a possibilidade de escolher o que quer usar durante o processo de arranque. A isto chama-se “dual-boot”.

O que se calhar não sabe é que já pode fazer o mesmo num tablet Nexus 7 da Google e, em breve, em qualquer outro que use sistema operativo Android.

Passamos a explicar:

Nos meios tecnológicos muita tinta tem corrido sobre como estamos a entrar na fase “pós-PC”. O conceito é que os computadores tais como os conhecemos, máquinas poderosas, requerendo conhecimentos técnicos frequentemente inacessíveis ao comum dos mortais, estão prestes a ser relegados à História, estando a ser progressivamente substituídos pelos tablets e outros dispositivos que se podem utilizar com os mesmos fins, mas cujos componentes verdadeiramente “informáticos” estão bem escondidos do utilizador. É a transformação do computador em electrodoméstico. Mas, para muita gente, ainda é muito cedo para nos vermos livres do computador de secretária e substitui-lo permanentemente por um tablet. Para muita gente, o que faria falta seria executar um SO de computador de secretária num tablet, conseguindo o melhor dos dois mundos.

Isso agora é possível. Com a solução MultiROM, pensada por Vojtech Bocek, vai poder instalar uma ROM da versão móvel da famosa distro de Linux Ubuntu no Nexus 7 e executá-la ao lado da instalação normal do Android. É uma experiência interessante que expande os limites do que o hardware do Nexus é capaz de fazer. O Ubuntu fica um pouco lento, prejudicando um pouco a experiência de utilização, mas funciona, e muitas das suas aplicações também.

Com o Ubuntu a ficar lentamente mais semelhante ao Android e um futuro com cada vez mais mobilidade, vale a pena investigar esta experiência.

[divider]
De que necessita?

Esta experiência levará uns 45 minutos. Para a fazer precisará de:

Um tablet Nexus 7

A app Online Nandroid Backup * ROOT instalada no tablet, que poden econtrar na Play Store da Google nesta página.

Android SDK, que pode descarregar a partir daqui.

Kernel Android com patch, que pode descarregar a partir daqui.

Zip MultiROM, que pode descarregar a partir daqui.

Recuperação TWRP, que pode descarregar a partir daqui.

Ubuntu ROM, que pode descarregar a partir daqui.

[divider]

As alterações que está prestes a fazer podem fazer com que o seu tablet deixe de funcionar, embora sejam muitos raros os casos em que danifica realmente o hardware, existe sempre a hipótese de não conseguir reverter as alterações e transformar o seu tablet num pisa-papéis. Por isso, prossiga por sua conta e risco!

[divider]

Prepare-se

Antes de seguir em frente, certifique-se de que o Nexus 7 está rooted, ou seja, se tem permissões de acesso para alterar os ficheiros base do sistema (se tiver dúvidas sobre o processo de desbloqueio – root – do seu tablet, dê uma vista de olhos a este site). Deverá também fazer uma cópia de segurança do conteúdo do seu tablet através da app Online Nandroid Backup.

Instale também o Android SDK no seu computador pessoal e depois copie o Kernel com patch, o zip MultiROM e a ROM de Ubuntu, que já deve ter transferido, para a memória interna do Nexus usando o cabo USB.

Flash do novo kernel

Arranque em Modo de Recuperação mantendo premido o botão de redução de volume e o de energia ao mesmo tempo e seleccione Recuperação.

Vá até Instalar Zip de sdcard e, primeiro, escolha ao ficheiro de kernel com patch que transferiu previamente e que depois copiou para o tablet. Flashe o tablet com usando este ficheiro, vai só demorar uns segundos.

Flash do MultiROM

A seguir repita o processo de recuperação, mas desta vez escolha o ficheiro zip MultiROM. Este também demorará uns segundos a completar. Se reiniciar o dispositivo agora, veria o menu de arranque aparecer antes do Android. É isto que lhe permite um arranque duplo.

Flash da nova Recuperação

Agora vai fazer o flash da nova Recuperação através do arranque rápido usando o Android SDK. Arranque o dispositivo em Arranque Rápido (botão de energia e de redução de volume) e ligue-o ao computador. Lance uma janela do terminal e altere a directoria para a pasta platform-tools no SDK. Agora escreva “fastboot flash recovery [o nome do ficheiro da recuperação.img]” para se fazer o flash da nova recuperação.

Arranque na recuperação

Isto levara uns segundos, e o progresso do flash será visto na janela do Terminal. Agora volte a arrancar o tablet em Modo de Recuperação. Verificará que está a executar a TWRP (Team Win Recovery Project). Prima “Advanced” e depois em MultiROM para acrescentar a segunda ROM.

Escolha a ROM Ubuntu e a localização

No MultiROM prima Adicionar ROM e depois escolha o tipo de ROM que vai instalar (neste caso específico, o Ubuntu) e o local. Pode fazer flash da ROM para uma drive USB externa, se tiver uma instalada. Prima “Seguinte” e depois vá à ROM Ubuntu que já copiou para o armazenamento do aparelho.

Flash da ROM

Pode começar o flash do Ubuntu. Certifique-se de que o Nexus tem a carga máxima ou que está ligado à corrente. Deslize o cursor de deslize “Deslizar” para confirmar que o flash começará. Este processo leva algum tempo, no mínimo uns dez minutos. Ainda mais se for feito a partir de uma drive USB.

Reinicie o dispositivo

Quando estiver completo o processo de flash, reinicie o Nexus 7. Em vez de ir directamente para o sistema operativo, aparece um ecrã MultiROM que lhe permite escolher entre os dois sistemas operativos que tem instalados. Se escolher “Interno”, vai para o Android. Escolha o nome de ficheiro da ROM para ir para o Ubuntu.

Seleccione o Ubuntu

Pode alterar os nomes das ROMs para tornar a escolha mais fácil. Prima “Misc” para obter mais opções.

Quando terminar, seleccione a ROM do Ubuntu e arranque neste sistema operativo. O primeiro arranque pode também levar uns minutos a terminar, mas fica mais rápido nos seguintes.

Configuração

Agora pode configurar o sistema operativo Ubuntu. Deixe o aparelho a preparar-se a si próprio, mesmo que apareça um ou outro ecrã mais duvidoso. Mais tarde ou mais cedo aparece o ecrã de configuração do Ubuntu.

Siga os passos no ecrã e depressa terá o Ubuntu a funcionar plenamente no seu Nexus.

workspace1002i

 

Categorias
Guia completo

Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link