Fadas do lar robóticas – Teste em grupo a robôs aspiradores

O primeiro robô de limpeza autónomo a ser comercializado em massa nasceu pela mão da empresa sueca Electrolux e chamava-se Trilobite 1.0. Foi apresentado pela primeira vez em...

Philips EasyStar

Philips
À semelhança da Samsung, também a Philips lançou um robot aspirador (com o original nome de Aspirador Robot) em 2010, como forma de responder ao domínio do Roomba. Mais recentemente foi lançado o modelo que testámos, o Philips EasyStar.

Este pertence à mesma gama de robôs que o Cleaning Robot da Vileda. Não possui mapeamento do espaço nem sensores de proximidade, o robô embate contra os obstáculos e recua.

No entanto, por ser muito estreito (apenas 50 mm de altura) conseguiu limpar em locais onde o robô da Vileda não cabe e por isso, acabou por não embater em muita mobília. Neste robô só temos de carregar no botão On para o ver arrancar.

Equipado com escovas longas na parte frontal, tem vários pincéis em vez de apenas três como os restantes. Por serem longas as escovas permitem limpar muito próximo dos cantos.

O EasyStar demonstrou uma capacidade de aspiração real, não se baseando tanto na recolha das escovas centrais, que não tem. Infelizmente só foi pensado para superfícies rígidas, já que nem as rodas motoras nem as escovas estão preparados para suportar a irregularidade de uma alcatifa ou tapete, mas ainda assim não se fez de rogado e atacou o tapete de pêlo curto, tendo ficado preso na costura algumas vezes.

Quando fica preso liberta apita, na esperança de ser acudido. Mantém-se ligado e a apitar até ser resgatado ou ficar sem bateria. O contorno dos móveis é feito com algum embate, mas na maioria das vezes consegue simplesmente acompanhar a mobília. Os sensores de infravermelhos na base impedem as quedas.

O contentor de recolha encontra-se escondido sob a tampa, pelo que o acesso não é directo, nem a tampa fácil de encaixar. Mas reparámos que isto melhora com o número de utilizações. É um contentor pequeno mas que recolhe todo o o pó e se deixa limpar facilmente. Na verdade, o EasyStar é o mais fácil de limpar, já que basta bater algumas vezes com o filtro e despejar o contentor.
Não existe doca de acoplagem, o EasyStar é carregado através de transformador. A autonomia é de cerca de 50 minutos. Este é o aspirador ideal para quem não tem animais de estimação e procura apenas um dispositivo para o pó e algum cotão pequeno.

Como efectua a rotação sempre para o mesmo lado, por vezes escapam portas para outras divisões e temos de pegar nele e colocá-lo lá. O preço torna-o acessível a algumas carteiras, mas por este preço poderia ser mais completo. Prós: Dimensões; Facilidade de Limpeza
Contras: Contentor pequeno; Autonomia; Não tem doca Preço: €249,99

Categorias
Gadgets
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link