Fadas do lar robóticas – Teste em grupo a robôs aspiradores

O primeiro robô de limpeza autónomo a ser comercializado em massa nasceu pela mão da empresa sueca Electrolux e chamava-se Trilobite 1.0. Foi apresentado pela primeira vez em...

LG HOM-BOT

LG
A LG também desenvolveu os seus robôs aspiradores, que usam o nome de Hom-Bot, com um sistema de mapeamento. O HOM-BOT Square utiliza duas câmaras: uma na base, que identifica obstáculos à frente, e outra virada para o tecto, que capta até 30fps para identificar o local onde se encontra.

O robô é bastante preciso na detecção de obstáculos e raramente embate contra a mobília. As rodas todo o terreno impedem que o robô fique preso, mas acontece com frequência em fios.

Após algum tempo a debater-se o robô da LG desistiu e ficou a aguardar assistência. Uma vez solto fez questão de recomeçar no sitío onde tinha parado.

Contrariando os modelos de outros fabricantes, o HOM-BOT Square apresenta-se com design quadrado, que lhe permite alcançar os cantos, melhor que qualquer um dos concorrentes. Ao mesmo tempo também é o mais alto e que cabe por baixo de menos mobílias.

Ao contrário da Samsung e da iRobot, a LG dotou o seu robô aspirador com apenas uma escova. À frente tem um conjunto de três pincéis rotativos de cada lado.

O Samsung Navibot S tem quatro modos de limpeza que podem ser activados em modo turbo (também disponível no Romba 780 e no Navibot S). O modo turbo é o mais indicado para limpar tapetes e alcatifas, e no mesmo tapete de pêlo curto em que testámos os outros robôs, o HOM-BOT surpreendeu-nos e deixou-o como novo depois de apanhar todos os pêlos.

Se não foi concebido para utilizadores com animais de estimação, poderia ter sido, porque é uma tarefa que realiza muito bem. O contentor de lixo encontra-se por baixo da tampa superior, onde basta carregar para se abrir.

A proximidade entre o local de abertura da tampa e o botão de “Stop” pode levar a que por vezes se faça a tampa abrir quando na verdade queremos só colocar em pausa. A capacidade de armazenamento de lixo tem boas dimensões, mas dá algum trabalho a limpar.

Além disso, o robô não avisa quando o contentor está cheio o que não combina com a capacidade de agendamento. A autonomia do HOM-BOT ronda os 75 minutos, mas pode obrigá-lo a limpar até ficar sem bateria, porque o robô volta sozinho para a doca.

É um robô com um nível de ruído baixo de cerca de 50 dB, inclusivamente com o modo turbo activo, mas o Navibot S da Samsung é mais silencioso. Como extra o HOM-BOT traz um adaptador com mopa para quando não é preciso aspirar.

Prós: Aspiração de tapetes; Limpa os cantos; Mapeamento Contras: Não avisa que o contentor está cheio; Preço Preço: €649

Categorias
Gadgets
Assinaturas

ARTIGOS RELACIONADOS

Newsletter PCGuia
Subscreva a newsletter da PCGuia para ficar a par das últimas notícias, dicas e análises de hardware e software.
Subscrever
close-link