HardwareNotícias

Intel apresentou a 4ª geração da gama de processadores Intel Core

Intel Logo

A Intel apresentou a 4ª geração da sua gama de processadores Intel Core, a primeira a ser concebida de raiz para o Ultrabook, e representa o maior avanço desde a tecnologia Intel Centrino, conciliando um alto desempenho, próprio de um PC, e a mobilidade de um tablet. Desta forma, e em última análise, estas características incentivam e aceleram a criação de uma nova gama de dispositivos 2 em 1.

Com níveis de energia baixos que chegam a assumir 6 watts em system design power, a Intel está a abrir a possibilidade de criação de dispositivos mais silenciosos, com espessura e peso mais reduzidos, e que dispensam a incorporação de uma ventoinha.

Os novos processadores Intel Core também potenciam dispositivos portáteis com necessidade de maior vida útil de bateria, elevando a portabilidade a uma nova categoria. Sendo a gama de processadores com maior desempenho, os Intel Core de 4ª geração proporcionam um desempenho superior à geração anterior, em cerca de 15%.

Segundo a Intel, os processadores de 4ª geração permitem um aumento de 50% da vida útil de bateria em relação à geração anterior num padrão de utilização activa do sistema, bem como o aumento de duas a três vezes na vida útil da bateria, em standby.

É esperado um desempenho de bateria de cerca de 9h em uso activo, bem como uma vida útil de bateria de cerca de 10 a 13 dias em standby, para alguns dos sistemas que entrarão no mercado no próximo ano.

A Intel expandiu a capacidade gráfica através da profunda integração do SoC, de forma a poder oferecer os melhores gráficos nos dispositivos mais finos e leves possível. Os gráficos Intel Iris, disponíveis em alguns SKUs da gama de processadores Intel Core de 4ª geração, duplicam o desempenho 3-D, em relação às soluções de gráficos HD mais rápidas da Intel.

A tecnologia Iris da Intel representa, no fundo, a nova geração de computação móvel, em termos de experiência visual – tudo isto sem qualquer necessidade de placa gráfica adicional.

Os Ultrabooks também estarão equipados, a nível de hardware, para o reconhecimento e controlo de voz. Estes dispositivos demorarão menos de 3 segundos a fazer a transição do estado de hibernação para o estado de Actividade. Os Ultrabooks descarregarão a informação do dia-a-dia, como emails e actualizações várias, em modo de baixo consumo, o que significará uma menor necessidade de esforço aquando da activação do computador.

Os Ultrabooks irão integrar igualmente soluções de segurança para protecção adicional da máquina, tais como a Tecnologia de Protecção de Identidade da Intel (Intel IPT) e a Tecnologia Anti-Roubo da Intel (Intel AT). Websites que tenham parceria com o Intel IPT, ajudarão a proteger informações de log-in, preservando a identidade do utilizador, em termos de autenticação de hardware.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×