Executivo da Google explica a razão para o fim do Google Reader

Google Reader

No início deste ano a Google revelou que o popular serviço Google Reader será descontinuado a partir do dia 1 de Julho.

Os utilizadores do serviço ficaram indignados com tal decisão. Agora, um executivo da empresa de Mountain View explicou qual a razão por trás dessa decisão.

Numa entrevista concedida à Wired, o director da divisão News Products da Google, Richard Gringras, explicou que o Google Reader era um modelo antigo de consumir notícias.

Este executivo disse que, numa era de smartphones e de tablets, as pessoas deixaram de ler notícias ao pequeno-almoço e ao final do dia, mas que o fazem ao longo do dia e em qualquer lugar através dos seus dispositivos.

Com o fim do Google Reader, a empresa vai continuar a desenvolver serviços como o Google Now e o Google+ de forma a ajudar os utilizadores a acederem diariamente às notícias.