HardwareNotícias

Dispositivo Vigi’Fall financiado pela União Europeia

O consórcio FallWatch reuniu a tecnologia e o conhecimento num pequeno aparelho triangular denominado Vigi’Fall que pode ser usado pelo utilizador de forma permanente e não invasiva.

A interacção entre o dispositivo usado pelo utilizador, os sensores de movimento infravermelhos montados em toda a casa e uma caixa de controlo central assegura a detecção precisa de uma queda grave e a intervenção oportuna de uma equipa médica de emergência.

A próxima fase do projecto, FallWatch DEMO, visa optimizar a funcionalidade e a precisão do equipamento pela incorporação do monitoramento de pulsação. Os projectos FallWatch / FallWatch DEMO receberam um financiamento combinado de quase 2 milhões de euros da Comissão Europeia.

A solução baseia-se num sistema de sensor. Um biossensor é usado pelo utilizador, enquanto uma série de outros sensores sem fios são ligados às paredes ao redor da casa, funcionando como os sensores de alarme domésticos.

Se o utilizador sofrer uma queda, para além do sinal emitido pelo biossensor, os sensores de parede detectam a ausência de movimento e transmitem um sinal para a caixa de controlo central, também localizado no interior da casa. A caixa de controlo liga automaticamente, via telefone, a um enfermeiro ou um centro de chamadas, caso a queda ocorra dentro da casa do utilizador.

Com o propósito de distinguir entre quedas verdadeiras e falsos alarmes, o dispositivo está equipado com um software de fusão de dados que permite analisar a natureza da queda (com ou sem impacto) e a postura do paciente.

Numa casa de repouso, uma enfermeira intervém imediatamente. Como uma segunda linha de verificação para pessoas que vivem sozinhas, um operador de um centro de chamadas irá entrar em contacto com o usuário por telefone.

Se o telefonema ficar sem resposta, a família ou uma equipa de emergência são imediatamente mobilizados para o local.

Utilizável mesmo no chuveiro e carregado por baterias de alta potência, o dispositivo, uma vez colocado sobre a pele, pode ser simplesmente esquecido, com o utilizador seguro de que, se ocorrer uma queda, terá logo a ajuda a caminho de sua casa.

O dispositivo Vigi’Fall miniaturizado foi testado com sucesso em laboratório, hospitais, casa de repouso e ambientes domésticos.

Os ensaios de laboratório demonstraram uma taxa de detecção de sucesso de mais de 90% para o biossensor sem o uso do software de fusão de dados. Os ensaios em ambientes reais, que incorporaram o software de fusão de dados, demonstraram uma taxa de sucesso ainda maior, com os falsos alertas praticamente eliminados.

A versão doméstica da solução estará disponível no último trimestre de 2013, enquanto a segunda geração do aparelho, que também será adaptado aos padrões dos EUA, entrará em ensaios clínicos nesse país e na Europa em Setembro de 2013.

O objectivo é que a versão comercial desta nova solução chegue ao mercado no final de 2014.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×