ONI apresenta soluções de vídeoprotecção

A ONI apresentou, nas Caldas da Rainha, exemplos da aplicação de soluções inteligentes de vídeoprotecção em ambiente urbano, florestal e costeiro adaptadas aos novos desafios de segurança dos municípios na protecção dos cidadãos e património.
No evento que a ONI organizou com a Câmara Municipal das Caldas da Rainha foram apresentadas demonstrações ao vivo de situações do domínio público em que os sistemas de vídeoprotecção ajudam a prevenir ou a resolver, como sejam, segurança de cidadãos (aglomerações inesperadas de pessoas ou objectos abandonados), detecção da aproximação de embarcações à costa e detecção de incêndios em áreas florestais.
De referir que o município das Caldas da Rainha tem já colocadas mais de 100 câmaras de videovigilância em quase 30 infraestruturas públicas de uso comum onde se incluem, edifícios de serviços, museus e instalações culturais, pavilhões e complexos desportivos, parques de estacionamento e edifícios universitários, entre outros.
A aplicação destas soluções assume particular relevância na sequência da publicação da nova Lei da Videovigilância (Lei nº9/2012) que altera a Lei nº1 de 2005 e que regula a utilização de câmaras de vídeo pelas forças e serviços de segurança em locais públicos de utilização comum.