Despedimentos na Electronic Arts

A Electronic Arts vai proceder a um número indeterminado de despedimentos. Segundo a notícia do site Joystiq, os despedimentos e o encerramento de vários departamentos sobre a alçada da EA eram já esperados no seguimento do pedido de demissão apresentado no mês passado pelo anterior CEO, John Riccitiello.
A EA fez saber que está a focar as suas atenções na oferta de jogos para as novas plataformas e para os dispositivos móveis, e que em alguns casos significa reduzir o tamanho das equipas de forma a poder evoluir para uma organização mais eficiente.