Samsung contrata antigo Juiz britânico que ordenou à Apple a publicação de um pedido de desculpas

Hammer 01

No ano passado o Juiz Robin Jacob ordenou à Apple a publicação de uma declaração, tanto na primeira página do seu site como na imprensa escrita, apontando para o facto de que a Samsung não tinha copiado quaisquer patentes da empresa de Cupertino. Basicamente não era mais do que um pedido de desculpas e, eventualmente, a Apple foi condenada a pagar os honorários do advogado da gigante sul-coreana.
Agora, o site MaximumPC noticiou que, segundo uma notícia da Foss Patents, o Juiz do caso trabalha actualmente para a Samsung.
Este antigo Juiz, que já estava aposentado antes do julgamento, foi convidado a presidir ao caso pois uma lei britânica de 1981 relativa aos tribunais assim o permite.
Posteriormente, a Samsung acabou por contratar Robin Jacob como um dos nove especialistas jurídicos num caso de violação de patentes entre a Ericsson e a Samsung. Sob a lei britânica, ele não está a cometer qualquer ilegalidade.