Usar Linux em certos portáteis Samsung pode ser perigoso (actualizado)

Ubuntu

Alguns portáteis da Samsung podem ficar avariados permanentemente se o utilizador usar o método de arranque UEFI presente nas últimas versões do Linux Ubuntu.

O sistema UEFI (Unified Extensible Firmware Interface) é uma especificação que define uma forma de comunicação entre o sistema operativo e o firmware da máquina e foi criado para substituir a tradicional BIOS (Basic Input/Output Systema)  que fez arrancar os PC durante décadas.

O problema acontece quando o o computador bloqueia pouco depois de carregar o Kernel do Linux e o utilizador usa o botão de energia para desligar e voltar a ligar a máquina. A partir desse momento, o computador deixa de arrancar e de dar qualquer sinal de vida. Esta situação obriga a uma troca de motherboard.

Este problema afecta a séries de computadores Samsung 300E5C, NP700Z5C, NP700Z7C e NP900X4C. A única forma de fazer com que isto não aconteça é usando o Compatibility Support Module do Linux para fazer arrancar a máquina.

Segundo o responsável pela Canonical, empresa que edita o Ubuntu, a Samsung está a desenvolver uma actualização para resolver este problema.

Via H-Online

Actualização:

O nosso leitor Bruno chamou-nos a atenção para o facto deste problema não ser exclusivo do Linux e que também já aconteceu com o Windows.

Mais aqui. Parece que afinal o problema é mesmo com o firmware da Samsung e não com o Linux em particular.