Microsoft queixa-se da Google

A Microsoft queixa-se que a Google a está a impedir de criar uma aplicação nativa Youtube para Windows Phone apesar de ter permitido aplicações semelhantes no Android e iOS.

A aplicação para o Youtube que existe actualmente no sistema operativo móvel da Microsoft é apenas uma máscara para a interface web do serviço visto que a empresa de Redmond não tem acesso completo aos APIs (Application Programming Interface) do Youtube, que lhe permitiria criar uma aplicação mais completa.

Estas queixas foram feitas no blog da empresa por Dave Heiner, advogado da Microsoft e fazem parte de uma investigação sobre possíveis práticas anti-concorrenciais da Google que está a decorrer nos EUA e na Europa.

Segundo Heiner, apesar dos responsáveis do Youtube quererem colaborar com a Microsoft, foram impedidos de o fazer pela hierarquia da Google. Segundo o site TechCrunch, o propósito da Google é controlar completamente as aplicações para os seus serviços de forma a poder oferecer o mesmo tipo de publicidade em todas as plataformas.

A Google já respondeu a estas queixas da Microsoft dizendo que, mesmo assim, é possível aos utilizadores com Windows Phone verem vídeos no Youtube através do browser dos dispositivos.

Exit mobile version