AMD acusa antigos executivos de roubo de documentos confidenciais

A AMD alega que quatro antigos executivos da empresa roubaram milhares de documentos confidenciais antes de irem trabalhar para a NVIDIA. A notícia do site The Verge dá conta que a AMD apresentou esta semana uma queixa num tribunal norte-americano contra Bob Feldstein, Manoo Desai e Nicolas Kociuk por supostamente terem feito o download para discos rígidos externos de mais de 100000 ficheiros da empresa nos meses que antecederam as suas saídas. A empresa também acusa os três antigos executivos e um gestor, Richard Hagen, de terem tentado recrutar funcionários da AMD depois de entrarem na NVIDIA.
Neste momento é desconhecido os conteúdos específicos dos ficheiros descarregados, embora a empresa tenha dito que incluem “dois acordos de licenciamento com clientes importantes, e um documento delineando as estratégias de licenciamento da AMD”.