Como experimentar Windows 8 Consumer Preview numa máquina virtual em 8 passos

Neste artigo

[dropcap]A[/dropcap] versão beta do Windows 8 ficou ontem disponível para download por quem quiser usá-la. Mas compreensivelmente a curiosidade em testar uma nova versão do Windows pode ser “abafada” pelo medo de instalar e depois algo correr mal durante ou depois de instalar o novo sistema operativo na única máquina que se tem e assim perder todos os dados.

Há uma forma segura de usar o novo Windows sem perder nada: usar uma máquina virtual.

De uma forma simples, este tipo de programas de simula a existência de um computador dentro do seu computador com a vantagem de este computador virtual estar isolado do resto do sistema, preservando assim os seus dados.

A grande desvantagem dos sistemas de virtualização em máquinas menos potentes é pelo facto do programa de virtualização ter que partilhar os recursos disponibilizados pelo computador “hospedeiro”, como a memória RAM, processador, gráfica, etc. e por isso nunca se conseguir a velocidade que se obteria se se usasse todas os recursos disponíveis.

Mas para experimentar chega bem.

 

Como se faz:

 

Passo 1

Obviamente, o primeiro passo é descarregar a imagem ISO do Windows 8 Consumer Preview que pode encontrar no botão abaixo:

[button color=”black” link=”http://windows.microsoft.com/pt-PT/windows-8/iso”]Página de Download do Windows 8[/button]

Nesta fase o Windows 8 ainda não está disponível em Português. Aconselhamos a utilização de versão de 32 bits para que a experiência de utilização seja a mais rápida possível. Isto porque os requisitos de memória desta versão serem um pouco mais reduzidos e assim pesar menos no desempenho geral do sistema.

Passo 2

Em simultâneo pode também fazer o download do programa de virtualização. Existem muitas opções gratuitas no mercado, optámos por usar o Virtualbox que pode descarregar a partir daqui.

Depois do download estar concluído pode instalar o programa.

Passo 3

Execute o Virtualbox. No ecrã principal clique em “New” para criar um novo computador virtual.

No menu que mostra os vários sistemas operativos NÃO ESCOLHA “Other Windows OS”, se não existir a opção Windows 8, escolha Windows 7.

Virtual-Box

Passo 4

De seguida, o Virtualbox vai perguntar-lhe que quantidade de memória vai usar com o novo computador virtual. Os requisitos mínimos do Windows 8 são de 1 GB, por isso, obviamente, terá que ser esse o valor mínimo. Se a sua máquina física tiver muita memória aumente o valor. Quanto mais memória for disponibilizada para a máquina virtual melhor.

virtual-box-ram

Passo 5

Está na hora de criar o disco rígido virtual onde o novo sistema vai ser instalado. Este “disco” não é mais que um ficheiro que será criado no seu disco rígido real.

No mínimo terá que alocar 20GB de espaço ao disco virtual como ponto de partida. Mas se tiver espaço disponível pode aumentar o valor. Depois, o programa pergunta-lhe o tipo de disco a usar. É indiferente. No último passo, da operação o programa pergunta-lhe se quer um disco dinâmico ou fixo. Se optar por um disco dinâmico o Virtualbox faz crescer o espaço alocado consoante as necessidades. Se escolher fixo, o espaço alocado fica sempre o mesmo.

Virtualbox_Passo5

Passo 6

Clique em Start para começar a instalar o Windows 8.

Agora o Virtualbox vai pedir para escolher a imagem ISO do sistema operativo que quer instalar. Escolha a imagem que descarregou no passo 1.

VirtualBOX_Passo6

Passo 7

Assim que o programa de instalação iniciar pergunta-lhe que tipo de instalação quer fazer. Escolha “Custom Installation” e não “Upgrade”, isto porque está a instalar o sistema do zero.

Virtualbox_Passo7

Passo 8

Et voilá! Depois daquele processo de instalação em que tem que indicar alguns dados, como o tipo de teclado, o fuso horário, mais os vários reinícios da máquina virtual, aparece-lhe o ecrã do Windows 8! Agora é só experimentar!

Mas cuidado!

Depois de usar o Windows 8, o Windows 7 vai parecer-lhe muito, muito velho…