Quem Somos

Alex Gamela é produtor de conteúdos multimédia e interactivos, faz comunicação de ciência, e gosta de questionar os impactes da vida digital na nossa existência quotidiana. Disso, e de descobrir coisas estranhas na rede.
Sou aluno do Mestrado de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e sou um dos membros fundadores do Partido Pirata Português.
CEO do Avila Spaces - Offices & Coworking. Ex-Director Internacional da Global Workspace Association. Orador em conferências nacionais e internacionais na área dos novos modelos de trabalho. Autor do livro "Out of the Office", desenvolveu a primeira aplicação mundial de escritórios virtuais para dispositivos móveis (myOffice app). Em 2012, é galardoado com um CIO Award, tendo ganho também o Troféu Call Center em 2011, 2014 e 2015 pela qualidade de serviço de atendimento na vertente de escritório virtual.
É fã de tecnologia que lhe permita facilitar a vida e tem pavor a todo e qualquer sinal que diga bateria fraca. Passa a vida a ouvir música.
Editor da revista PCGuia, com mais de 10 anos no mercado de publicações tecnológicas. Grande adepto de tudo o que seja tecnológico, ficção científica e quatro rodas.
Sou jornalista e tenho interesse pelos mais variados temas, mas a tecnologia vem em primeiro lugar. Gosto de escrever sobre e para mulheres porque estou farta de ouvir que tecnologia é uma coisa de homens.
Sou responsável pela secção de jogos da PC Guia, Descobri os computadores aos cinco anos e cresci nos tempos de ouro da indústria dos videojogos. ZX-Spectrum, GameGear, NES, SNES, MegaDrive, Dreamcast, PS1, PS2, Xbox, Nintendo 64, todas elas passaram pelas minhas mãos. Mas foi o jogo Pong o responsável pelo que sou hoje, um amante dos videojogos.
Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.
Sou curiosa e adoro tudo o que são gadgets e brinquedos tecnológicos, especialmente aqueles que trabalham para nós! Os animais são a minha outra paixão, mas não sou fã da versão robô.
Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.
Jornalista de tecnologias desde 2005, tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil. Gosta de carros rápidos e de hotéis caros. Não tem um helicóptero porque decidiu gastar o prémio do último Euromilhões no desenvolvimento de um smartphone de marca própria.
A terminar o Mestrado em Engenharia Mecânica (especialização Automação) na FEUP, nos tempos livres ocupo-me com modding, watercooling e tecnologia entusiasta. Chego a vós mensalmente na rúbrica PLUG na revista com temas originais destas três actividades.