Primeira edição da Mostra Nacional de Jovens Empreendedores premeia melhores ideias de negócio

Foi a partir da 1ª Edição do Concurso Nacional de Jovens Empreendedores que a Fundação da Juventude seleccionou os melhores 55 projectos nacionais que estiveram durante três dias em...
Jovens-Empreendedores-2017

Foi a partir da 1ª Edição do Concurso Nacional de Jovens Empreendedores que a Fundação da Juventude seleccionou os melhores 55 projectos nacionais que estiveram durante três dias em competição naquela que foi a 1ª Edição da Mostra Nacional de Jovens Empreendedores.

Os resultados anunciados destacaram os melhores projectos desenvolvidos por jovens do ensino secundário e profissional e do ensino superior.

Na categoria “Ensino Secundário” o 1º prémio foi para o projecto Fold it, desenvolvido por alunos da Escola Secundária Clara de Resende. A proposta apresentada, baptizada de Happa, é uma caixa hermética para embalamento de alimentos com a característica de ser dobrável, de maneira a facilitar a sua arrumação e portabilidade.

O 2º prémio foi para o projecto Quicly Heal, desenvolvido na Escola Profissional De Oliveira Do Hospital, Tábua e Arganil. Um projecto de investigação na área da saúde levou os jovens a desenvolver pensos biodegradáveis e uma solução desinfectante para o tratamento de lesões na epiderme.

Isento de iodo e 100% natural, este é um produto que tem como particularidade ser produzido através de extractos alcoólicos obtidos da planta Celidónia Majus.

Em ex-aequo foi atribuído o 3º prémio a dois projectos: o Energetic Stick, desenvolvido por jovens estudantes do Agrupamento de Escolas de Ribeira de Pena e o Petsitter, uma ideia dos estudantes da Escola Profissional da Serra da Estrela.

O Energetic Stick tem por objectivo a produção de electricidade de forma natural, através do movimento, aliado às actividades de tempo livre, desporto e aventura.

Para os mentores de Petsitter «ter um animal de estimação é algo que muitas pessoas ambicionam, mas os animais não são objectos e carecem de muita dedicação e responsabilidade.

Com este projecto alimentar, comunicar ou controlar visualmente o seu animal de estimação está ao alcance de um clique, em qualquer ponto do mundo».

Na categoria de ensino superior o 1º prémio foi para o projecto MedBOX – A Solução do Presente a Pensar no Futuro, da autoria dos estudantes da Escola Superior de Saúde de Santa Maria.

Os autores apresentaram como proposta uma caixa electrónica de medicamentos que funciona com uma aplicação informática que não permite abertura manual, ou seja, esta só abre na hora da toma dos medicamentos emitindo um aviso luminoso, sonoro e/ou vibratório.

A aplicação apresenta ainda outras funcionalidades como armazenamento de informações dos medicamentos ou ficha médica do utilizador.

A OmniTravel apresenta-se como um serviço de transporte pessoal de malas, a ser usado em aeroportos ou estações de caminhos-de-ferro. Esta foi a solução que arrecadou o 2º prémio, na área do ensino superior.

Como explicam os estudantes da Universidade de Coimbra, autores do projecto, «esta é uma tecnologia suportada por dispositivos de transporte de mala, os OmniBots, que constituem uma base inteligente com rodas motorizadas, na qual o utilizador coloca a mala de modo a que esta se desloque sozinha, sem que seja empurrada.

Após utilização do OmniBot, o utilizador devolve o equipamento aos espaços indicados para tal, os OmniSpots».

Finalmente o 3º prémio foi atribuído ao projecto 24nanny, desenvolvido por uma equipa da Escola Superior de Saúde de Santa Maria.

Baseado numa aplicação para telemóveis, a 24nanny, permite seleccionar o horário pretendido para contratação de serviço de babysititng e avaliar os perfis das babysitters disponíveis em determinada zona.

Via Fundação da Juventude.

Categorias
PCGuia Pro

Terra. Europa. Portugal. Lisboa. Elite: Dangerous. Blade Runner. Star Trek. Star Wars. Kraftwerk. Project Pitchfork. Joe Hisaishi. Studio Ghibli.
Sem comentários

Deixe um comentário

*

*

Publicidade

RELACIONADOS