Notícias
Está a ler
Como os jogos nos telemóveis evoluíram ao longo dos anos
NewSnake
1080 36 0

Como os jogos nos telemóveis evoluíram ao longo dos anos

por PCGuia20 Março, 2017

A Nokia foi a primeira empresa que percebeu que os telemóveis poderiam fazer muito mais do que chamadas ou enviar mensagens SMS. Por volta do ano de 1997, a empresa fez uma revolução no mercado, ao lançar jogos simples, como o SNAKE e abriu desta forma a oportunidade de crescimento dos jogos neste meio.

No ano de 2002, os primeiros telemóveis com linguagem de programação JAVA chegaram ao mercado, e as empresas e usuários começaram a criar cada vez mais jogos para a plataforma móvel. Desde então, vários jogos foram criados, uns mais simples que outros, mas alguns com bastante sucesso, como foi o caso do Angry Birds, Pet Rescue Saga, Candy Crush, etc. A verdade é que a evolução dos equipamentos permitiu que os jogos fossem também melhorando significativamente. Contudo, com os smartphones, houve uma outra possibilidade até então desconhecida que era a possibilidade de aceder à Internet em praticamente qualquer lado, e com isso poder jogar jogos que requeriam a utilização de um computador. Exemplo disso são os jogos de casino online, os RPG’s e as aventuras gráficas, que cada vez mais surgem disponíveis para este tipo de equipamentos, que são cada vez mais potentes também.

O mercado atualmente é dominado pelos jogos produzidos especialmente para as plataformas iOS (Apple) e Android (Google), que representam uma fatia global superior a 95% dos smartphones e tablets no mundo inteiro.

Ao mesmo tempo, como as pessoas acabam por se adaptar, utilizando cada vez menos os computadores pessoais, uma vez que conseguem fazer praticamente tudo num tablet ou smartphone e, com isso, o mercado dos jogos também está a mudar, independentemente de alguma limitação que os equipamentos possam ter, em termos de facilidade de jogo.

No entanto, a verdade é que, se pensarmos no Snake, independentemente das horas de diversão que proporcionava, para os jogos atuais, com uma capacidade gráfica muito superior, podemos constatar que esta evolução se deu a um ritmo ainda maior ao das consolas e jogos de computador, que levaram quase o dobro do tempo para chegar à qualidade que temos hoje. Se pensarmos que novas tecnologias estão a ser desenvolvidas, para melhorar a experiência dos utilizadores e jogadores, como a realidade virtual, por exemplo, podemos ter a certeza que iremos assistir a evoluções ainda maiores nos próximos 10 anos, e quem beneficia com isso são os jogadores.

Acerca do autor
PCGuia