Ainda sem Pokémon Go?

O que é esta febre do Pokémon Go, como instalar e ainda algumas dicas. Tenha é cuidado por onde anda com isto......

A verdade é que anda toda a gente em ânsias em este Pokémon Go que, por enquanto, só está lançado oficialmente nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia. Se ainda não percebeu bem em que consiste este jogo ou como é que o pode ter no smartphone, vamos fazer um ponto de situação.

O que é?

O Pokémon Go é um jogo de realidade aumentada, baseado no universo Pokémon (óbvio), que resulta de uma colaboração entre a Niantic, Inc., a Nintendo e a The Pokémon Company. Ao longo dos próximos tempos, estará disponível na Europa e Japão, mas ainda sem datas definidas. A ideia é que, ao instalá-lo no smartphone, possa encontrar Pokémons onde menos se espera, seja na secretária lá de casa ou até durante partos (é verídico, nasceu uma criança e um Pidgey foi capturado). Depois de capturar Pokémons, o processo é o habitual: treiná-los para que consigam evoluir, proteger o ginásio e derivados. Quando os jogadores atingem o nível cinco no jogo, podem juntar-se a uma das três equipas: Instinct, Mystic e Valor. O jogo é gratuito, mas como habitual, há formas de pagar para conseguir avançar mais depressa.

Como instalar?

Por enquanto, o jogo ainda não está disponível para Portugal através das lojas oficiais de aplicações. No entanto, é possível fazer o download para Android e iPhone, mas com alguns cuidados.

Android:

Para quem tem um dispositivo Android, saiba que o jogo não tem compatibilidade garantida com tablets. É preciso ter um dispositivo com pelo menos o Android 4.4 e mais de 2 GB de RAM. Para quem tiver um dispositivo com processadores Intel Atom, más notícias, já que o jogo não é compatível.

Para fazer o download, primeiro vai ter de dar permissão ao smartphone para instalar e executar aplicações que vêm de outro sítio sem ser o Google Play. Muito cuidado ao activar isto, já que pode estar a fazer download de malware. Desconfie apps que peçam permissões como Contactos, SMS ou que queiram gravar áudio. O jogo pede muitas permissões, é verdade, mas não precisa de chamadas ou de ver o histórico do browser.

Caso a tarefa não saia bem e acabe por instalar um Pokémon Go com malware (que depois é extremamente difícil de distinguir do verdadeiro), pode repor os dados de fábrica.

Voltando à instalação: siga para as ‘Definições’, depois ‘Segurança’ e marque a opção ‘Fontes desconhecidas’. Este é um exemplo de APK, mas a instalação fica à responsabilidade de cada utilizador. Se avançar, depois trata-se do processo normal de instalação de uma aplicação – carregar na notificação e ‘Instalar’.

iOS:

Os utilizadores de iOS estão, de alguma forma, mais seguros, já que o download é feita através da App Store, mas não da App Store portuguesa – no nosso caso. Desactive a Apple ID, nas definições do iPhone/iPad. Depois siga para ‘Definições’, até à opção de Idioma e Região. Escolha entre Estados Unidos, Nova Zelândia ou Austrália – únicos sítios onde o jogo está disponível. Crie um novo Apple ID que esteja localizado num destes países.

Depois disso, procure por Pokemón Go no Google, para ter o link directo para o download. À partida, procurando pela app na App Store, pode não aparecer a aplicação. Depois destes passos, já pode jogar.

Como começar?

Não sendo Captain Obvious, mas com o Log In. Depois disso, escolha o Pokémon inicial: um Charmander, Squirtle ou Bulbasaur. O conceito é fácil depois disto: apanhá-los todos, visitar pokéstops e ter batalhas de ginásios.

A parte de capturar os Pokémons é bastante intuitiva: ande com a aplicação aberta e eles vão aparecer, com o smartphone a vibrar quando há um Pokémon por perto.

Aparece um Pokémon: olhe para o anel que o rodeia e faça-se à vida: verde significa fácil, amarelo um Pokémon de poder intermédio e vermelho, bem, difícil de capturar.

Para evoluir um Pokémon precisa de itens, que podem ser encontrados nas Pokéstops, normalmente assinaladas no mapa. É lá que estão pokéball, poções, ovos e etc.

Vai uma ajuda?

Se há palavras a associar a este jogo poderia ser esponja de bateria. Andar com a câmara, GPS e dados ligados para ver em realidade aumentada e derivados consome mesmo muitos recursos do telefone. Pode desligar a interface de realidade aumentada. Ok, é menos giro, mas essa bateria agradece.

O Pokémon Go usa os dados do Google Maps – vale a pena saber isto para quando a bateria morrer. Dependendo do empenho no jogo, uma bateria portátil poderá vir a dar jeito.

Espere até ao nível 10 para evoluir o Pokémon – os aumentos no Combat Power estão ligados ao nível da personagem. Maior nível, maior ganho de poder.

Categorias
JogosPlataformas Móveis

É fã de tecnologia que lhe permita facilitar a vida e tem pavor a todo e qualquer sinal que diga bateria fraca. Passa a vida a ouvir música.
4 Comentários neste artigo.
  • Mariana
    13 Julho 2016 at 1:44
    Deixe um comentário

    Boa noite,
    Ja tentei de tudo criar uma conta americana na app store mas dá sempre erro na parte do pagamento (onde se poe o cartao). Alguma dica?
    Obrigada

    • Cátia Rocha
      13 Julho 2016 at 11:13
      Deixe um comentário

      Olá, Mariana,
      Pode não escolher uma forma de pagamento durante o registo ou tentar o registo noutra loja, por exemplo.

  • catarina Duarte
    14 Julho 2016 at 19:46
    Deixe um comentário

    Existe alguma maneira de não criar uma nova conta no ios sem pagar?

  • Joana Mascarenhas
    15 Julho 2016 at 0:32
    Deixe um comentário

    Dá sempre erro de análise de pacote e não faço ideia do que seja.
    Já autorizei origens desconhecidas e mesmo assim não instala…

  • Deixe um comentário

    *

    *

    Publicidade

    RELACIONADOS