Primux Tablet Up Mini

Há muito tempo que não me acontecia isto: definhar a experimentar um tablet. É impossível estar aqui com histórias ou meias palavras sobre um equipamento cuja experiência de utilização...
Primux
Primux

Há muito tempo que não me acontecia isto: definhar a experimentar um tablet. É impossível estar aqui com histórias ou meias palavras sobre um equipamento cuja experiência de utilização é tão má que torna a sua utilização perto do impossível.

Haverá público para um tablet assim? De certeza que sim, pois nem todas as pessoas têm as exigências iguais às características de um iPad Pro, nem sequer músculo financeiro para lá chegar. E é isto mesmo o único aspecto positivo deste tablet da marca espanhola Primux, o preço.

São 89 euros (na minha opinião, mal gastos) mas que para muitas pessoas será o máximo que conseguirão pagar para ter acesso a um tablet com um ecrã de nove polegadas. De resto, tudo é mau: o processador quad-core arrasta-se e arrasta-nos numa lentidão sem fim a lançar apps ou a navegar pelos ecrãs e menus.

A câmara produz resultados horríveis quer em fotografia, quer em vídeo. O ecrã, que muitas vezes define só por si a experiência de utilização, é das piores coisas que lhe vai passar por baixo dos dedos, chegando ao ridículo de mudar as cores do que se vê consoante o ângulo de visualização, uma coisa que pensava ter ficado enterrada com o desaparecimento dos pocket PC.

Depois de escrever o texto até aqui, voltei a pegar neste Primux Tablet Up Mini para confirmar se,a final, tudo não tinha sido obra de um pesadelo: não foi. O simples facto de rodar o ecrã faz com que algumas apps se arrastem e que a organização dos ícones fique desviada, chegando algumas a ficar cortadas; o texto apresentado tem um inconcebível rebordo a preto que faz parecer tudo ainda mais saído de um filme de terror tecnológico.

Categorias
MobilidadeReviews

Jornalista de tecnologias desde 2005, tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil. Gosta de carros rápidos e de hotéis caros. Não tem um helicóptero porque decidiu gastar o prémio do último Euromilhões no desenvolvimento de um smartphone de marca própria.
Um comentário
  • Jorge Pereira
    3 Junho 2016 at 9:39
    Deixe um comentário

    Comprei a Table UP Mini ma pagina web Espanhola (Miniprice Express) e estou contente com ela. Depende do uso que queiras dar mas por 75€ me chega de sobra.

  • Deixe um comentário

    *

    *

    Publicidade

    RELACIONADOS

    • Sony Xperia XZ Premium

      Review – Sony Xperia XZ Premium

      Com a chegada do Xperia XZ Premium, a Sony demonstra como é possível colocar as mais importantes inovações tecnológicas do momento. Mas ter-se-ão esquecido do design?...
    • Laiq Glam

      Review – Laiq Glam

      As novidades são o Glam e o Monaco, um exclusivo MEO (ou Altice, daqui para a frente). O Glam destaca-se pela construção metálica, uma melhoria face ao anterior Glow,...
    • LG Super UHD SJ850

      Review – LG Super UHD SJ850

      Em 2015, a Samsung lançou as suas televisões topo de gama com a designação SUHD, tendo a LG ripostado em 2016 com o lançamento das suas Super UHD, que...
    • HP Elitebook X360 1030 G2

      Review – HP Elitebook X360 1030 G2

      Este é, talvez, o terceiro ou o quarto computador híbrido da HP que passa aqui pela redacção. O Elitebook tem a particularidade de permitir que o ecrã seja rodado...

    Insira o seu nome e endereço de e-mail para receber as newsletters da PCGuia