Gadgets
Está a ler
Review – Google Chromecast aúdio e vídeo
0

Review – Google Chromecast aúdio e vídeo

por Pedro Tróia26 Novembro, 2015

Estão a fazer três anos que a Google lançou o Chromecast original, um leitor multimédia compacto que se liga directamente à entrada HDMI, pode ser alimentado através de um transformador ou de uma entrada USB do monitor ou televisor. O dispositivo funciona através de uma app, para smartphone e tablet, com o mesmo nome e que permite fazer várias coisas, como ir buscar vídeo à Internet ou replicar o conteúdo do ecrã do dispositivo na TV.

Este pequeno gadget teve tanto sucesso que a Google resolveu lançar uma nova versão, que, desta vez, vem acompanhada por outro dispositivo semelhante, mas dedicado apenas à reprodução de áudio.

Chromecast Video

Chromecast Video

Os novos Chromecast abandonaram o aspectos de ‘pen drive’ do original, são agora redondos e existem em várias cores. A versão para vídeo tem uma ligação HDMI, que agora está instalada na ponta de um cabo e que, quando não está a ser usada pode ser presa ao dispositivo através de um íman. A resolução máxima da imagem é 1080p.

Tal como acontecia na versão anterior, para a alimentação eléctrica, os Chromecast de nova geração usam uma entrada microUSB onde pode ser ligada a fonte de alimentação incluída. Se pretender, também pode ir buscar energia ao monitor ou TV que está a usar, mas tem que se certificar de que a saída USB desse dispositivo consegue fornecer energia suficiente.

Chromecast Audio

Chromecast Audio

Já a edição do Chromecast para áudio também tem uma entrada microUSB para alimentação, mas em vez de uma ficha HDMI há uma entrada jack de 3,5 mm para a saída de sinais de áudio analógicos ou digitais. A acrescer ao facto de ser redondo, o Chromecast audio tem a particularidade de se parecer com um disco de vinil com espiras e tudo.

Ambos suportam redes Wi-Fi até à norma 802.11ac.

O Chromecast para vídeo é compatível com vários serviços de streaming de conteúdos vídeo como o Netflix, Youtube ou com aplicações de streaming de fotos como Google Photos.

Já a versão para áudio funciona com serviços de streaming de áudio como o Spotify e o Google Music.

A configuração tanto do de vídeo como do de áudio é muito simples. No primeiro caso só tem que seguir as instruções que vão aparecendo no ecrã onde o dispositivo está ligado e, no segundo terá que seguir os passos indicados na aplicação para o dispositivo móvel que será usado para controlar o Chromecast.

Como se usam?

No caso do vídeo, escolhe-se o conteúdo que se quer ver na TV na aplicação, por exemplo na do Netflix, e depois toca-se no ícone que representa o ecrã com um símbolo que faz lembrar o das redes wi-fi. Assim que o faz, a imagem passa para o ecrã onde o Chromecast está ligado.

Aplicação Chroemcast

Aplicação de controlo do Chromecast

Para colocar um tema musical a passar no Chromecast áudio, basta fazer arrancar a aplicação que quiser usar, por exemplo o Spotify, escolher o tema e depois o dispositivo onde será reproduzido o som, neste caso o Chromecast.

Tanto num, como noutro, o controlo é todo feito através das aplicações para dispositivos móveis.

Valem a pena?

O de vídeo sim, claramente! Se tiver um televisor que não permita a utilização de apps, esta é a forma mais barata de colocar o ‘smart’ na sua TV.

Já em relação ao Chromecast áudio tenho algumas dúvidas…

Se tiver um amplificador AV com entradas HDMI também pode usar o de vídeo para reproduzir áudio com qualidade, ou talvez tivesse sido mais inteligente por parte da Google ter colocado uma saída de áudio dedicada no de vídeo…

Ambos custam o mesmo: 39 euros na loja online da Google.


O artigo original sobre os Chromecast foi publicado originalmente na PCGuia 238 de Novembro de 2015. Esta é a versão revista e aumentada desse artigo.

Ao pormenor
Distribuidor

Google

PVP Recomendado

€39

Acerca do autor
Pedro Tróia
Sou director da PCGuia há alguns anos e gosto de tecnologia em todas as suas formas. Estou neste mundo muito por culpa da minha curiosidade quase insaciável e por ser um fã de ficção científica.